Médica sofre sequestro relâmpago em estacionamento de shopping

Crime ocorreu na última quinta-feira, na Gávea, um dos bairros mais nobres da zona sul do Rio

DANIELA AMORIM, O Estado de S. Paulo

28 de fevereiro de 2015 | 12h11

RIO DE JANEIRO - Uma médica pneumologista de 39 anos sofreu um sequestro relâmpago ao estacionar o carro num shopping na Gávea, um dos bairros mais nobres da zona sul do Rio. Segundo reportagem do jornal O Globo, o crime ocorreu na última quinta-feira (26), por volta das 14h.

A vítima, que não teve sua identidade revelada, teria sido rendida por dois homens enquanto manobrava o carro no estacionamento do shopping e levada para o Morro do Chapadão, em Costa Barros, na zona norte da cidade. Ela foi mantida refém pelos bandidos durante quatro horas, ameaçada por armas, enquanto os criminosos usaram seus cartões de débito e crédito.

A vítima relatou ao jornal que os bandidos roubaram suas joias, um estetoscópio e R$ 5.200 em dinheiro e cheques referentes a pagamentos feitos por pacientes. Enquanto estava em cativeiro, os assaltantes gastaram ainda R$ 38,3 mil em compras no cartão de crédito e sacaram outros R$ 1.000 no cartão de débito. Antes de ser liberada na Pavuna, outro bairro da zona norte, a médica recebeu R$ 30.

Procurada pelo Estadão, a Polícia Civil informou apenas que foi feito um registro de roubo de veículo. De acordo com informações da 15ª Delegacia de Polícia, na Gávea, testemunhas estão sendo chamadas para prestar depoimento, e todos os procedimentos estão sendo adotados para identificar a autoria do crime. Segundo a polícia, o delegado prefere não divulgar mais informações no momento para não atrapalhar o andamento das investigações. 

Tudo o que sabemos sobre:
rio de janeirosequestro relâmpago

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.