Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Médico é morto durante suposta tentativa de assalto no Rio

Crime ocorreu na zona oeste e bandidos levaram o carro da vítima

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

20 de junho de 2017 | 18h15

Um médico foi morto durante uma suposta tentativa de assalto, às 4h30 desta terça-feira, 20, em frente à sua casa, em Campo Grande (zona oeste do Rio). Os três criminosos fugiram levando o carro da vítima. 

Segundo a Polícia Militar, por volta das 4h30 desta terça o médico Marco Luiz Silva Viana, de 41 anos, saiu de casa, na rua João Gualberto Braga, dirigindo seu Honda Civic prata ano 2014 rumo ao Hospital Central da Marinha, no 1º Distrito Naval, no centro do Rio, um dos lugares onde trabalhava.

Ao descer do carro para fechar o portão, três homens chegaram em uma Ford Ranger e anunciaram o assalto. Embora aparentemente não tenha reagido, o médico foi atingido por dois tiros no pescoço e tentou fugir correndo para dentro da casa, mas caiu morto no quintal. Os assaltantes fugiram levando o Civic.

Viana, especializado em Medicina do Trabalho, morava nessa casa havia 12 anos, com a noiva, e planejava se casar.

Mais conteúdo sobre:
Rio de JaneiroViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.