Reprodução redes sociais
Reprodução redes sociais

Menina de oito anos morre atingida por bala perdida na Baixada Fluminense

Anna Carolina estava no sofá de casa e foi atingida na cabeça; ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Segundo a polícia, não havia operações na região e ainda não se sabe de onde partiu o disparo

Fabio Grellet, O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2020 | 17h03

RIO DE JANEIRO - A estudante Anna Carolina de Souza Neves, de 8 anos, morreu atingida na cabeça por uma bala perdida quando estava no sofá de sua casa, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, na noite de quinta-feira, 9. Segundo a polícia, não havia operações policiais na região. Não se sabe de onde partiu o tiro.

Policiais militares do 39º Batalhão (Belford Roxo) faziam ronda pela avenida Joaquim da Costa Lima, no Parque Esperança, quando moradores da via pediram auxílio para socorrer a menina. Anna Carolina, que morava numa rua próxima, foi carregada pelo pai até a viatura, e foi levada ao Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, município vizinho.

Apesar do socorro, Anna Carolina não resistiu e morreu. A família informou à Polícia Civil que a menina estava no sofá de casa e que depois de ouvir tiros constatou o ferimento da estudante. Mas os familiares não têm suspeitas sobre de onde partiram os disparos. Segundo as polícias Civil e Militar, não havia operações policiais na região naquele momento.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

A secretaria estadual de Vitimados informou que ofereceu assistência à família da estudante. O corpo de Anna Carolina está no Instituto Médico-Legal de Duque de Caxias, e o enterro deve ocorrer neste sábado,  11.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.