FABIO MOTTA/ ESTADÃO
FABIO MOTTA/ ESTADÃO

Menino de 6 anos é morto por bala perdida na região metropolitana do Rio

Kevin Lucas dos Santos Silva foi atingido no tórax. Outras duas pessoas ficaram feridas, mas sobreviveram; PM nega que policiais fizeram disparos na comunidade

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

06 de janeiro de 2022 | 22h20

RIO - Um menino de 6 anos morreu atingido no tórax por uma bala perdida durante um confronto entre criminosos e a Polícia Militar num acesso à favela da Torre, no bairro Inconfidência, em Queimados, na região metropolitana do Rio de Janeiro, no fim da tarde desta quinta-feira, 6. Uma menina de 9 anos e uma adolescente de 13 também foram baleadas, mas sobreviveram.

Kevin Lucas dos Santos Silva estava na rua Colombo quando foi atingido. Ele chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Queimados, mas morreu. Ludmila Teles, de 9 anos, foi atingida de raspão na perna, e uma adolescente identificada apenas como Gabriela, de 13 anos, também se feriu. Ambas resistiram aos ferimentos e receberam os primeiros socorros na UPA. Depois, Ludmila foi transferida para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias (Baixada Fluminense), e Gabriela foi para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, onde precisou ser submetida a cirurgia.

A Polícia Militar informou que agentes do 24º Batalhão (Queimados) foram atacados por criminosos durante um patrulhamento de rotina pelo morro da Torre, onde fica a comunidade, e se protegeram. Segundo a PM, os policiais não dispararam nenhum tiro. Moradores da região que testemunharam o confronto afirmam que os policiais também atiraram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.