Menores atropelam homem e são apreendidos no Rio

Quatro garotos e quatro garotas estavam em carro roubado; vítima seria agente de trânsito que teria feito sinal para veículo parar

Tiago Rogero, O Estado de S. Paulo

16 de setembro de 2014 | 12h57

RIO - Oito menores foram apreendidos após atropelar um homem em frente à antiga sede da TV Tupi, na Urca, na zona sul do Rio de Janeiro. Os jovens - quatro meninas e quatro meninos - estavam dentro de um carro que foi roubado em 9 de setembro, na Gávea, e seria de uma moradora da Urca. 

A vítima, identificada pela Polícia Militar como José Carlos da Silva, de 54 anos, seria um agente de trânsito que estava orientando o tráfego próximo a uma obra que está sendo feita em frente à TV Tupi; o homem foi encaminhado para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, também na zona sul.

Segundo as primeiras informações da PM, havia vários celulares dentro do carro, um HB20. O agente de trânsito teria feito sinal para que o veículo parasse, mas foi atingido. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde. Os adolescentes foram levados para a 10ª Delegacia de Polícia Civil, em Botafogo, na zona sul, e estão prestando depoimento.
Tudo o que sabemos sobre:
Rio de JaneiroAtropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.