Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Metrô sofre segundo arrastão no mês

Cinco criminosos anunciaram o assalto entre as Estações Glória e Catete, da Linha 1, e roubaram pertences dos passageiros

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

26 Março 2015 | 09h08

Atualizado às 9h18

RIO - Um novo arrastão - o segundo deste mês - apavorou usuários do metrô do Rio de Janeiro na noite desta quarta-feira, 25. Por volta das 22h30, a Linha 1, que liga as zonas norte e sul, seguia em direção à Estação General Osório quando cinco criminosos, pelo menos um deles armado com uma pistola, anunciaram o assalto entre as Estações Glória e Catete e levaram celulares e carteiras.

As vítimas foram à Delegacia de Botafogo prestar queixa e contaram que primeiro os ladrões pediram os telefones e, depois, outros objetos pessoais.

O MetrôRio não quis dar detalhes da ocorrência e informou que "está auxiliando as investigações policiais e prestando apoio aos seus usuários".

O último arrastão tinha sido no dia 12 de março, também na Linha 1, no sentido Ipanema, por volta das 21h45, quando, passado o horário do rush da volta do trabalho para casa, os vagões estão mais vazios.

O anúncio do assalto foi em um ponto próximo: entre as Estações Largo do Machado e Flamengo. Foi uma ação violenta, ao contrário do caso desta quarta-feira, em que os assaltantes mantiveram a calma. O grupo mandou que os passageiros baixassem a cabeça e fez ameaças. Eram quatro bandidos, que roubaram celulares, outros eletrônicos, dinheiro e bolsas.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Violência Metrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.