MARCIO RIBEIRO
MARCIO RIBEIRO

Ministro da Justiça vai discutir caso de estupro com secretário do Rio

Alexandre de Moraes viaja nesta sexta para a capital fluminense; também será realizada uma reunião com os secretários de segurança pública de todo o País para debater o tema do combate à violência contra a mulher

Isadora Peron, O Estado de S. Paulo

27 Maio 2016 | 15h57

BRASÍLIA - O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, viajou nesta sexta-feira, 27, para o Rio para discutir com o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, que medidas serão tomadas em relação ao estupro coletivo da adolescente de 16 anos.

Pela manhã, a assessoria da pasta havia apenas emitido uma nota sobre o assunto, e informado que o ministro trataria do assunto na segunda-feira, quando estaria no Rio para uma reunião sobre aos Olimpíadas.

Diante da comoção nacional que o caso tem gerado, no entanto, Moraes decidiu marcar um encontro com Beltrame para as 17h desta sexta.

Na terça, também será realizada uma reunião com os secretários de segurança pública de todo o País para discutir o tema do combate à violência contra a mulher.

Depois de um dia de silêncio, o presidente em exercício, Michel Temer, também se manifestou sobre o caso. Em nota, disse que repudiava "com a mais absoluta veemência” o estupro da jovem. "É um absurdo que em pleno século 21 tenhamos que conviver com crimes bárbaros como esse", disse.

Temer afirmou ainda que vai criar um departamento na Polícia Federal nos moldes da delegacia da mulher da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo criada quando ele foi secretário do governo Franco Montoro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.