Moradora de rua morre queimada no Rio de Janeiro

Outro jovem, que também foi queimado, foi encaminhado para o hospital; polícia apresenta um acusado

da Redação, estadao.com.br

11 de maio de 2008 | 13h01

Uma mulher morreu e um jovem ficou gravemente ferido na madrugada deste domingo, 11, quando os dois moradores de rua foram queimados na praça da Bandeira, sob o Viaduto do Marinheiros, zona norte do Rio. Flávia de Souza Oliveira, de 16 anos, morreu no local e W. A., de 17 anos, foi encaminhado em estado grave para o Hospital Souza Aguiar, segundo o delegado responsável pelo caso, Sandro Caldeira, do 20° Departamento de Polícia (Vila Isabel). Dois suspeitos foram presos. Um deles, Paulo Roberto de Oliveira Ribeiro, conhecido como Dupira, de 19 anos, foi apresentado como acusado do crime pela polícia na mesma tarde.   O delegado afirmou que começará, na tarde deste domingo, 11, o processo de apuração do caso, tomando os depoimentos dos suspeitos e possíveis testemunhas.   Ainda não há informações sobre o estado de saúde do jovem.   (Com informações de Elvis Pereira)

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiromoradores de rua

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.