Moradores do Morro do Amor incendeiam ônibus em protesto

Um garoto de 9 anos foi atingido na cabeça por uma bala perdida durante um tiroteio entre polícia e tráfico

04 Setembro 2007 | 15h56

Moradores do Morro do Amor, no Lins de Vasconcelos, na zona norte do Rio de Janeiro, queimam ônibus da Linha 232 (Lins/Praça XV), da Viação Matias, na Rua Baronesa de Uruguaiana. A população protesta contra tiroteio entre traficantes e policiais - o menino Marcos Aurélio, de 9 anos, foi atingido na cabeça por uma bala perdida.   Segundo a Secretaria de Segurança do Rio, os policiais faziam uma ronda pelo local quando traficantes do Morro do Cachoeirinha, vizinho ao Morro do Amor, teriam começado a atacá-los.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.