WILTON JUNIOR/ESTADÃO
WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Moradores relatam tiroteios na Zona Norte do Rio

A troca de tiros teria sido por causa de uma briga entre facções rivais na região entre os morros dos Macacos e São João

Renata Batista, O Estado de S.Paulo

14 Julho 2018 | 11h19

RIO - A região entre os morros dos Macacos e São João, na Zona Norte do Rio, registrou forte tiroteio na madrugada deste sábado, 14. A troca de tiros assustou moradores de quatro bairros - Grajaú, Vila Isabel, Engenho Novo e Méier  - e teria sido provocado por traficantes das duas comunidades, que são de facções rivais.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ) informou, porém, que o comando da UPP Macacos, não registrou nenhum acionamento relacionado ao episódio.

+ Chefe da Polícia Civil do Rio se diz 'indignado' com denúncia do MP

De acordo com o aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT), houve registros de tiros em nove pontos da região metropolitana do Rio na madrugada deste sábado. Na zona norte, além do Morro dos Macacos, o aplicativo também teve relatos em Realengo, Cachambi  e Madureira.

Na Avenida Brasil, houve registros de tiros no Jardim América e na altura do mercado São Sebastião. Em Niterói, o único relato é no Largo da batalha e, na zona sul, no Vidigal. 

 


Rio, 14/07/2018 - A região entre os morros dos Macacos e São João, na Zona Norte do Rio, registrou forte tiroteio na madrugada desse sábado. A troca de tiros assustou moradores de quatro bairros - Grajaú, Vila Isabel, Engenho Novo e Méier  - e teria sido provocado por traficantes das duas comunidades, que são de facções rivais. A assessoria de imprensa da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ) informou, porém, que o comando da UPP Macacos, não registrou nenhum acionamento relacionado ao episódio.

De acordo com o aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT), houve registros de tiros em nove pontos da região metropolitana do Rio na madrugada desse sábado. Na Zona Norte da capital, além do Morro dos Macacos, o aplicativo informou eventos também em Realengo, Cachambi  e Madureira. Ao longo da Avenida Brasil, houve registros de tiros no Jardim América e na altura do mercado São Sebastião. Em Niterói, o único relato é no Largo da batalha e, na Zona Sul, no Vidigal. – Renata Batista (renata.batista@estadao.com)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.