Morre garota de apenas seis anos vítima de bala perdida no Rio

Ela foi atingida durante troca de tiros entre policiais e dois suspeitos na Favela Parque Alegria

João Paulo Carvalho - Central de Notícias,

05 Setembro 2011 | 22h09

SÃO PAULO - Uma menina de seis anos que foi atingida durante uma troca de tiros entre policiais civis e dois suspeitos na manhã desta segunda-feira, 5, na Favela Parque Alegria, no Caju, morreu no hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte da cidade.

Segundo informações do Hospital, a bala perdida perfurou a região pulmonar, o fígado e também o estômago. A garota já chegou ao Hospital, às 8 horas, em estado grave. Ela passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu por volta das 16 horas.

Tiroteio. Segundo a corporação, policiais da Academia de Polícia (Acadepol) seguiam para uma aula de treinamento de tiro quando dois suspeitos armados com fuzis em uma motocicleta atiraram contra as viaturas. A polícia revidou e a menina foi baleada. A menina foi levada para o Hospital de Bonsucesso, onde passou por uma operação. Ela passa bem. Outra pessoa foi ferida sem gravidade e encaminhada pra o Hospital Souza Aguiar.

Um dos atiradores morreu no confronto, mas o outro conseguiu fugir. A polícia realiza buscas para localizar o suspeito. O local do tiroteio passará por perícia.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.