Ricardo Moraes/Reuters (27/10)
Ricardo Moraes/Reuters (27/10)

Morre mais um paciente transferido após incêndio de Hospital de Bonsucesso

Número de vítimas chega a oito; unidade de saúde está fechada desde o dia 27. Polícia Federal investiga o que provocou o fogo

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

03 de novembro de 2020 | 14h42

Uma mulher de 61 anos que havia sido transferida do Hospital Federal de Bonsucesso para o CER Leblon após o incêndio ocorrido na unidade hospitalar na semana passada morreu na noite de domingo, 1º. Com isso, chegam a oito o total de pacientes mortos desde o incêndio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a mulher já havia dado entrada na unidade municipal no dia 27 em estado muito grave e instável, com uso de respirador. Dentre os mortos após o incêndio, foi o quarto caso de paciente internado na rede municipal.

A sétima morte havia sido registrada na noite de sábado, quando um bebê de um ano morreu no Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira, da UFRJ, para onde havia sido levado na quarta-feira passada, um dia após o incêndio.

O Hospital de Bonsucesso está fechado desde o dia 27, apesar de o fogo ter atingido apenas um dos prédios que compõem o complexo. O Prédio 1 foi interditado pela Defesa Civil do município, que constatou risco de comprometimento da estrutura. Os demais prédios não foram atingidos pelas chamas e deverão voltar a funcionar normalmente nesta quarta-feira, 4.

As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas pela Polícia Federal. O que se sabe é que ele atingiu o almoxarifado do Prédio 1, que abrigava também a enfermaria o Centro de Terapia Intensiva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.