Reprodução
Reprodução

Morre o motorista do carro que explodiu durante abastecimento no Rio

Vítima estava internada desde a manhã de terça e não resistiu aos ferimentos

Márcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2022 | 14h16

O homem que ficou ferido após a explosão de um cilindro de gás enquanto abastecia em um posto de combustíveis morreu na madrugada desta quarta-feira, 27, no Rio. Mário Magalhães da Penha, de 67 anos, estava internado desde a manhã de terça no Hospital Municipal Salgado Filho e não resistiu aos ferimentos.

A explosão aconteceu por volta das 9h40 de terça-feira, enquanto Mário abastecia seu carro com GNV em um posto na zona norte. Imagens do circuito interno do local mostram o momento em que o idoso abre o porta-malas durante o abastecimento e o cilindro explode. O veículo ficou completamente destruído, assim como o teto do local.

Além do idoso, sua mulher, Andreia, também se feriu, mas sem gravidade. Ela foi levada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro. Os dois estavam fora do veículo na hora da explosão.

Assista ao momento abaixo:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.