Marcelo Horn/Governo do Rio de Janeiro
Marcelo Horn/Governo do Rio de Janeiro

Motorista de Uber não obedece a ordem de parada e é baleado por PMs no Rio

Segundo amigos, condutor pensou que fosse um assalto; vídeo divulgado na internet mostra momento da ação em Realengo - veja

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

06 Julho 2017 | 10h19

RIO - Um motorista de Uber foi baleado por policiais após não obedecer a uma ordem de parar o veículo, na noite desta quarta-feira, 5, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo amigos do homem, ele não parou o carro porque pensou que a abordagem se tratava de um assalto. Um vídeo que mostra o momento da ação foi divulgado na página Realengo News do Facebook.

Veja abaixo

Por nota, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que policiais do 14º Batalhão de Polícia Militar (Bangu) foram acionados ao local para verificar a ocorrência de um carro que estava praticando assalto na região.

Segundo a PM, no momento em que o motorista não obedeceu a ordem para desembarcar "e fugiu", "os agentes ouviram um tiro e revidaram".

"A guarnição fez um cerco e conseguiu localizar o motorista na Rua Titanic. Ele estava ferido na perna e os agentes socorreram ao Hospital Albert Schweitzer", informou a corporação.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde do motorista. A investigação do caso será feita pela Polícia Civil. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.