Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Motorista do Uber é encontrado morto na zona oeste do Rio

Thiago Henrique Alcântara, de 31 anos, trabalhava há duas semanas para o aplicativo de transporte

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2016 | 12h06

RIO - Um motorista do Uber foi encontrado morto neste sábado, 10, na Estrada das Capoeiras, em Campo Grande, zona oeste do Rio. Policiais acharam o corpo de Thiago Henrique Alcântara de Souza, de 31 anos, com um tiro, dentro do seu carro Fiat, que estava com a lataria amassada por batida e apresentava vestígios de tintas amarela e branca.

Conforme informações preliminares da Polícia Civil, uma motocicleta com dois homens teria emparelhado com o veículo da vítima. Um deles teria atirado contra Thiago.

Preocupada com o desaparecimento do filho, que não dava notícias há dois dias, a mãe Mara Alcântara publicou mensagem em uma rede social, neste domingo, 11, pedindo ajuda para encontrá-lo.

Ela conta que Thiago, que há duas semanas trabalhava para o Uber, saiu na última sexta-feira, 9, para fazer uma corrida em Campo Grande.

Na madrugada de sábado, por volta de 1h30, ainda enviou mensagem para a mulher avisando que pegaria mais um passageiro. Desde então, a família não teve mais notícias suas. O post de Mara na rede social gerou 2.974 compartilhamentos.

Em comunicado, a Polícia Civil informa que o delegado Fábio Salvadoretti, da Delegacia de Homicídios da Capital, apura as circunstâncias da morte.

Mais conteúdo sobre:
Uber Campo Grande Fiat Polícia Civil Mara

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.