Mulher é baleada em assalto no centro do Rio e suspeito é preso em igreja

Vítima não corre risco de morte. O acusado pelo disparo tentou fugir, mas acabou detido dentro da Igreja de Nossa Senhora do Parto

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

07 Junho 2018 | 18h58

RIO - Uma mulher foi baleada na perna durante uma tentativa de assalto em frente à Assembleia Legislativa do Rio, na Rua Primeiro de Março, no centro da capital fluminense, por volta das 15h desta quinta-feira, 7. Ela sobreviveu e não corre risco de morte. O suspeito de ter efetuado o tiro foi preso dentro de uma igreja a 400 metros do local do crime.

+ Polícia Militar realiza operação na zona oeste do RJ e estrada Grajaú-Jacarepaguá é fechada

Até as 17h não haviam sido esclarecidas as circunstâncias do crime. Não se sabia se a mulher era o alvo do assalto ou se o criminoso abordou outra pessoa, atirou e acabou atingindo essa mulher. A vítima foi socorrida e levada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro, onde permanecia internada às 17h. O acusado pelo disparo tentou fugir, mas acabou detido dentro da Igreja de Nossa Senhora do Parto, na rua Rodrigo Silva, a quatro quarteirões da Assembleia Legislativa.

Mais conteúdo sobre:
assalto Rio de Janeiro [cidade RJ]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.