Danielle Ponsio/Facebook/Reprodução
Danielle Ponsio/Facebook/Reprodução

Mulher é esfaqueada em estacionamento de shopping no Rio

Erika Pacheco Pimentel, de 30 anos, estava com duas amigas quando foi abordada no Madureira Shopping; carro foi roubado

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

24 Janeiro 2017 | 10h12

RIO - Uma mulher foi esfaqueada ao ter o carro roubado no estacionamento do Madureira Shopping, em Madureira, na zona norte do Rio de Janeiro, na tarde do sábado, 21. Erika Pacheco Pimentel, de 30 anos, estava com duas amigas quando o grupo foi abordado por um homem munido de canivete. Como uma das amigas correu e gritou para pedir ajuda, o homem imobilizou Erika e a esfaqueou na barriga.

O caso foi publicado no Facebook da amiga que tentou buscar ajuda, Danielle Ponsio. 

Erika ainda jogou a chave do veículo para longe, mas o ladrão conseguiu alcançá-la e fugiu com o carro. Ela acusa os seguranças do shopping de não terem agido rápido para ajudá-la, nem terem tentado deter o criminoso na saída do shopping - a abordagem foi no quinto andar e ela acredita que fosse possível barrá-lo na saída caso a comunicação por ágil com outros seguranças fosse ágil.

Ela também criticou a demora para a chegada da ambulância. O assalto foi por volta das 17h30, e o atendimento foi feito perto das 20 horas. No carro, estavam um notebook, compras e dinheiro. Erika não teve órgãos atingidos.

Outros casos. Na quarta-feira, 18, outro shopping registrou ocorrência violenta. Bandidos armados de fuzis roubaram uma joalheria no Ilha Plaza Shopping, na Ilha do Governador, zona norte. Pelo menos três homens entraram na loja da Joias Lulean.

Ao fugir, os criminosos se depararam com um carro da PM, e houve tiroteio. Um ficou ferido, um foi preso e outro fugiu.

Nos últimos dois meses, houve assaltos a joalherias de outros três shoppings do Rio, pelo menos: Fashion Mall e Botafogo Praia Shopping, na zona sul, e Tijuca Off Shopping, na zona norte. Nos dois últimos, houve troca de tiros; no Tijuca Off Shopping, um soldado da PM morreu baleado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.