Mulher é esfaqueada em tentativa de assalto na zona sul do Rio

Lorena Tristão, de 31 anos, foi ferida nas duas pernas e seguiu sozinha para o pronto-socorro; assaltante fugiu sem levar nada

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

20 Maio 2015 | 21h35

RIO - Menos de 24 após o ataque a facadas que causou a morte do médico Jaime Gold na Lagoa, na zona sul do Rio, uma mulher de 31 anos foi esfaqueada durante tentativa de assalto em São Conrado, também na zona sul. Atingida nas duas pernas, Lorena Tristão, que é formada em Relações Internacionais, sofreu ferimentos superficiais e está bem, em casa.

A mulher atravessava a pé uma passagem subterrânea em frente ao Golf Club quando foi abordada por um assaltante. Após desferir a facada, que atingiu a vítima de raspão, ele fugiu sem levar nada.

A vítima foi sozinha, de táxi, para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Botafogo, na mesma região, mas o posto médico estava lotado e ela não aguardou atendimento - decidiu ir para casa e anunciou que está bem.

A Polícia Militar informou que foi acionada para atender essa ocorrência, mas quando chegou ao local não encontrou a vítima.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.