Google Street View
Google Street View

Mulher é morta durante tentativa de assalto a papelaria na Tijuca

Seguranças reagiram e houve troca de tiros; um funcionário da Kalunga também foi atingido e ficou ferido - ninguém foi preso

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

18 Abril 2018 | 22h22

RIO - Uma mulher morreu baleada durante uma tentativa de assalto a uma unidade da rede de papelarias Kalunga na Rua Conde de Bonfim, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira, 18.

+++ 139 dos 159 presos acusados de integrar milícia não eram investigados

Assaltantes chegaram armados por volta das 17 horas, invadiram a Kalunga e anunciaram o assalto. Seguranças reagiram e começou uma intensa troca de tiros, em que a idosa - cujo nome não havia sido divulgado até as 19h30 - foi atingida.

+++ Criminosos roubam carga de celulares avaliada em R$ 3,4 milhões no aeroporto do Galeão

Até a noite desta quarta também não havia sido esclarecido se a vítima estava na loja ou apenas caminhava pela calçada, na frente do imóvel, na hora do crime. 

+++ Prêmio Nobel da Paz diz que vai acompanhar investigações do caso Marielle

Um funcionário da papelaria também foi atingido, mas sobreviveu. Ferido no tórax, ele foi levado ao Hospital Federal do Andaraí, na zona norte. Até as 19h30, não havia informações sobre seu estado de saúde.

Os criminosos fugiram sem levar nada e não haviam sido identificados até a noite desta quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.