Mulher é oitava vítima de bala perdida no Rio em uma semana

Sequência de casos começou no sábado passado, com a morte de uma menina de apenas 4 anos, atingida na cabeça

Luciana Nunes Leal, O Estado de S. Paulo

24 Janeiro 2015 | 14h59

RIO DE JANEIRO - Uma mulher ainda não identificada foi atingida por uma bala perdida neste sábado no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, zona norte da cidade do Rio de Janeiro. Atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Irajá, a vítima levou um tiro de raspão na perna e é o oitavo caso de bala perdida registrado em uma semana na capital fluminense.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, facções rivais trocaram tiros no morro durante toda a madrugada. Às 9h, a polícia entrou na favela. A operação policial continua nesta tarde e não há registro de presos.

A sequência de casos de bala perdida no Rio de Janeiro começou no sábado passado, quando Larissa de Carvalho, de 4 anos, foi atingida na cabeça quando saía de um restaurante em Bangu, na zona oeste da cidade. A menina foi socorrida no Hospital Pedro II e teve morte cerebral confirmada na manhã de domingo. No mesmo dia, também em Bangu, Carlos Eduardo Rodrigues, de 33 anos, foi baleado enquanto ia para uma lanchonete e segue internado no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, município da Região Metropolitana.

No domingo, Asafe William Costa Ibrahim, de nove anos, foi atingido na piscina de um clube na zona norte, no domingo, 18. Outra criança e três adultos foram feridos por balas perdidas entre sábado, 17, e sexta, 23, em bairros da periferia.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro bala perdida

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.