Mulher é presa por extorsão por telefone em Niterói

Idosa foi vítima de um trote pedindo R$ 5 mil para libertar a filha de um suposto seqüestro

Solange Spigliatti, AE

11 de novembro de 2008 | 07h24

A polícia do Rio prendeu em flagrante, nesta segunda-feira, 10, Cristiane Marinho Alcipio, quando recebia R$ 5 mil de um suposto seqüestro. A vitima, de 68 anos, recebeu uma ligação durante a madrugada desta segunda-feira, informando que sua filha estava sendo mantida em cárcere privado e que para que ela fosse libertada teria que pagar o resgate. A mãe da suposta seqüestrada, segundo a polícia, foi obrigada pelos bandidos a ficar em um hotel, no Centro de Niterói, até a manhã de ontem, de onde seguiu para uma agência bancária, também no Centro. Ao sacar o dinheiro, ela chamou atenção dos funcionários por conta do nervosismo. Os policiais foram acionados. A vitima foi ao encontro da criminosa em um táxi, que era um carro pirata. Todos foram levados para sede da 76ª DP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.