Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Mulher morre e filha de 11 meses fica ferida em tiroteio no Rio

Ambas foram baleadas na favela Kelson's; mais um criminoso suspeito de invadir Morro dos Macacos é preso

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

26 de outubro de 2009 | 08h07

Uma mulher morreu e sua filha, de 11 meses, que estava em seu colo, ficou ferida, após serem baleadas na noite deste domingo, 25, próximo à Favela Kelson's, na Penha, no Rio. Segundo a Polícia Militar, os policiais foram recebidos a tiros quando faziam patrulhamento na região. As duas foram atingidas durante o ataque. A mulher chegou morta ao Hospital Estadual Getúlio Vargas e a menina ficou ferida no braço.

 

Veja Também

mais imagens Notícias de uma guerra não tão particular

link Morre vítima de tiroteio no Rio; total de mortos chega a 46

link Rio transfere dez traficantes para presídio federal no MS

link Protesto contra violência no Rio reproduz cadáver em carrinho

 

No domingo, 25, a polícia prendeu mais um suspeito de participar da invasão ao Morro dos Macacos, em Vila Isabel, no Rio, no último dia 17. O traficante Fábio Luiz Gonçalves dos Santos, conhecido Binho da Matriz, foi detido por volta das 16 horas de domingo, no Meier, nas imediações do Morro da Matriz. Segundo a Polícia Militar, com o suspeito foi apreendido uma arma calibre 9 mm. Ele foi levado para a 23ºDP.

 

Após a derrubada de um helicóptero da polícia carioca por traficantes no Morro dos Macacos, no último dia 17, a guerra entre facções rivais e as forças de segurança já somam pelo menos 46 mortos, em confrontos na capital e na região metropolitana da cidade. Numa tentativa de desarticular a ação dos criminosos, dez traficantes presos no Estado foram transferidos na manhã de sábado, 24, para o presídio de segurança máxima de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.