Na antevéspera de Natal, mais um policial morto no Rio de Janeiro

PM foi baleado na madrugada deste sábado por assaltantes de um banco em São Cristóvão

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

23 de dezembro de 2017 | 15h26

Um policial militar foi assassinado na madrugada deste sábado, 23, baleado por homens que haviam assaltado um banco em São Cristóvão, na zona norte do Rio. Foi o 132º policial morto no Estado do Rio neste ano, a trabalho ou de folga.

O cabo Melqui Oliveira era lotado no 5ºBPM (Praça da Harmonia), no centro do Rio, e foi alvejado diversas vezes pelos criminosos. Ele tinha 38 anos, era solteiro e havia seis era policial militar, segundo informou a corporação.

Policiais do 4ºBPM (São Cristóvão) foram acionados por conta de um homicídio na esquina das ruas Figueira de Mello e São Cristóvão. No local, a equipe já encontrou o PM sem vida, no chão. Ao lado dele, estavam vários cartuchos de fuzil deflagrados. 

Testemunhas disseram que homens armados tentaram roubar o carro do policial e que ele foi baleado ao reagir. Os bandidos haviam assaltado uma agência do banco Santander pouco antes, contaram. A polícia verificou que o banco, perto do local, estava com a porta estourada. A Delegacia de Homicídios irá investigar o crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.