Wilton Junior / Estadão
Wilton Junior / Estadão

Niterói é reconhecida internacionalmente por desempenho no combate à covid-19

O congresso Smart City Expo LATAM reconheceu as respostas e iniciativas desenvolvidas para orientar, neutralizar e mitigar os efeitos sanitários, sociais e econômicos da doença nas cidades e nos países da América Latina

EFE, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2020 | 04h31

CIDADE DO MÉXICO - O município de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, foi reconhecido internacionalmente nesta quarta-feira, 14, pelo desempenho no combate à pandemia de covid-19, no Congresso Smart City Expo LATAM, realizado no México.

Também foram exaltadas pelo fórum as cidades de Montevidéu (Uruguai), Bogotá (Colômbia) e Cuenca (Equador), além do Ministério de Habitação e Assentamentos Humanos da Costa Rica.

O congresso reconheceu as respostas e iniciativas desenvolvidas para orientar, neutralizar e mitigar os efeitos sanitários, sociais e econômicos da covid-19 nas cidades e nos países da América Latina.

Niterói se destacou pela "liderança na implementação das próprias iniciativas de controle sanitário para a população", já Montevidéu foi reconhecida pela "gestão de risco como estratégia de controle sanitário e por ter uma resposta rápida, precoce e coordenada com o governo nacional".

Cuenca foi elogiada "pela implementação de soluções tecnológicas para a gestão da saúde e o apoio aos serviços públicos", enquanto Bogotá, "por sua abordagem ágil na gestão do espaço público e da mobilidade, para facilitar a distância física entre as pessoas".

No caso da Costa Rica, o reconhecimento se deve ao "desenvolvimento de um protocolo para assentamentos informais antes da covid-19".

O Congresso Smart City Expo LATAM aborda, na cidade de Mérida, a gestão das cidades latino-americanas e seu papel na pandemia. Com o tema "Resiliência e planejamento: idealizando o futuro da América Latina", a edição de 2020 é realizada em formato digital e promove diálogos e vínculos entre os principais agentes de transformação urbana.

O evento, que terminará na quinta-feira, espera contar com mais de 290 palestrantes de países como Brasil, Estados Unidos, Canadá, Espanha, Portugal, México, Colômbia, Chile e Argentina, entre outros, mais de 13 mil credenciados virtuais e mais de cem empresas e instituições/EFE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.