GABRIEL SAYÃO/ESTADÃO
GABRIEL SAYÃO/ESTADÃO

Nevoeiro no Rio atrasa abertura do Aeroporto Santos Dumont

Fenômeno causado pela alta umidade do ar já se dissipou, de acordo com o COR, e cidade tem manhã de céu claro, sem nuvens

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

27 Maio 2015 | 08h36

RIO - Um forte nevoeiro que cobriu o céu do Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira, 27, fez com que o Aeroporto Santos Dumont, na região central, atrasasse em 50 minutos seu horário de abertura para pousos e decolagens - de 6h para 6h50.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR), o fenômeno se deve à alta umidade do ar. Ainda segundo informações do COR, a partir do período da manhã, a névoa se dissipou. Às 8h, o Rio tinha céu claro e sem nuvens. 

Já o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, na Ilha do Governador, zona norte, funcionou normalmente no início da manhã desta quarta-feira, segundo a concessionária RioGaleão. Não houve registros de atrasos.

Na tarde desta terça-feira, 26, um intenso nevoeiro se formou sobre a Baía de Guanabara e avançou em direção às zonas sul e oeste do Rio. Do centro da cidade, por volta das 16h45, era impossível ver a cidade de Niterói e mesmo a ponte que liga os dois municípios.

Segundo o Instituto Climatempo de meteorologia, uma frente fria está passando pelo mar e o nevoeiro se formou em função do aumento da umidade.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.