Ônibus é incendiado na zona norte do Rio

Ninguém se feriu, mas o trânsito foi parcialmente interditado e houve tumulto na rua 24 de Maio, no Engenho Novo

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

25 de fevereiro de 2015 | 15h33

Atualizada às 22h20

RIO - Um ônibus foi incendiado por manifestantes na rua 24 de Maio, no Engenho Novo (zona norte do Rio), na noite desta quarta-feira, 25. Ninguém se feriu, mas o trânsito nessa via foi interditado durante cerca de meia hora, entre 19h30 e 20 horas, e houve tumulto na região.

Segundo a Polícia Militar, moradores do morro São João, situado nas imediações, faziam um protesto à noite, após uma operação policial realizada à tarde, e tentaram interditar a rua Barão do Bom Retiro, nas imediações da 24 de Maio. A PM interveio para dispersar o grupo e houve tumulto. 

Na 24 de Maio, homens armados interceptaram o ônibus, que fazia a linha 627 (Saens Peña - Inhaúma), ordenaram que ele fosse esvaziado e atearam fogo ao veículo. Os bombeiros foram chamados e contiveram o incêndio, mas o ônibus ficou destruído. Pelas redes sociais, moradores da região relataram tentativas de saque em lojas. Mas esses casos não haviam sido confirmados oficialmente até as 22 horas desta quarta-feira.

Operação. Por volta das 15 horas, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) São João trocaram tiros com criminosos durante uma abordagem na localidade conhecida como Matinha e um suspeito morreu. O nome dele não havia sido divulgado até as 22 horas desta quarta-feira. Esse episódio teria motivado a manifestação que interditou a rua Barão do Bom Retiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.