Operação da PM fere criança e estações são atacadas em protesto

Menino de 6 anos foi atingido por estilhaços de bala na zona oeste do Rio; moradores incendiaram e jogaram pedras em duas estações 

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

07 Janeiro 2015 | 21h58

RIO - Um menino de 6 anos foi atingido por estilhaços de um tiro, durante operação policial na favela do Rola, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio, no final da tarde desta quarta-feira, 7. Em protesto, moradores da comunidade atacaram duas estações do BRT Transoeste, o corredor de ônibus expresso, no mesmo bairro. Uma delas foi incendiada e a outra, apedrejada.

A criança foi atingida quando os policiais militares iniciavam operação de combate ao tráfico de drogas. Ela sofreu escoriações na perna esquerda e foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro.

Em seguida, moradores revoltados se reuniram e atacaram as estações Cesarão 2, que foi incendiada, e Cesarão 3, atacada a pedras. Ambas ficam na avenida Cesário de Melo. A PM interveio, mas não houve registro de presos. Os bombeiros controlaram o incêndio.

A manifestação acabou por volta das 18h30, mas as duas estações ficaram fechadas por cerca de 45 minutos.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.