Operação da polícia em favelas do Rio deixa um morto

Uma operação da polícia do Rio no Morro Pavão-Pavãozinho e no Morro do Cantagalo deixou uma pessoa morta e sete detidos, nesta quarta-feira, 29. O 23.º Batalhão (Leblon) e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) invadiram as favelas para tentar localizar dez suspeitos de roubaram moradores de um prédio em Ipanema. Um policial do Bope ficou ferido com estilhaços de granada.Encapuzados e armados de pistolas, os suspeitos invadiram um prédio de Ipanema e roubaram os moradores de dois apartamentos, nesta madrugada. Os bandidos aproveitavam que um morador saía pela garagem para entrar no edifício. Eles prenderam dois porteiros, a mulher de um deles e moradores dos apartamentos 102 e 402 na lixeira do prédio - uma das vítimas foi uma oficial médica da Polícia Militar. Os criminosos levaram eletrodomésticos, computadores, DVDs, jóias e dinheiro.Os assaltantes abandonaram na garagem do prédio um Polo, que havia sido roubado na segunda-feira na Lagoa Rodrigo de Freitas e fugiram num Fiesta, de um dos moradores. O veículo foi abandonado na Ladeira Saint-Roman, acesso à favela Pavão-Pavãozinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.