Operação deixa um morto e outro ferido na Favela da Coréia

Após denúncia anônima sobre tráfico, os policiais chegaram à favela durante a madrugada

Solange Spigliatti, estadao.com.br

08 de maio de 2008 | 09h58

Um homem morreu e outro ficou ferido na manhã desta quinta-feira, 8, durante operação dos policiais militares do Serviço Reservado do 14º BPM (Bangu), na Favela da Coréia, em Senador Camará, na zona oeste do Rio. Após denúncia anônima, os policiais chegaram à favela durante a madrugada para averiguar venda de entorpecentes e foram recebidos a tiros.  De acordo com a polícia, durante o tiroteio foram atingidos um homem que seria o braço direito do chefe do tráfico na região, conhecido como Coiote, e outro conhecido como Fiel, que foi socorrido ao hospital Albert Schwaitzer. Na operação foram apreendidos três carregadores, uma pistola 9 mm, duas granadas M9 e um cinto de uso exclusivo das Forças Armadas para guardar munição e armamento. Um carro blindado do Comando de Operações Táticas de Alto Risco (Cotar) dá apoio aos policiais, que continuam a operação.

Tudo o que sabemos sobre:
operação policialviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.