Operação policial no Morro do Jacarezinho deixa sete mortos

PM confirma morte de mais um supeito e do menino Wesley Damião da Silva Saturnino Barreto, de 3 anos

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

11 de janeiro de 2008 | 05h58

Uma operação contra o tráfico de drogas no Morro do Jacarezinho, uma das maiores favelas do Rio, na zona norte da cidade, terminou, por volta das 20h30 de quinta-feira, 10, com um saldo de, até o início da tarde desta sexta, sete mortos. Por volta das 12h30, a polícia militar confirmou a morte de mais um suposto criminoso, ainda não identificado, e do menino Wesley Damião da Silva Saturnino Barreto, de 3 anos, atingido por 3 tiros.    A operação contou com policiais dos batalhões do Méier (03º), Olaria (16º) e da Maré (22º), além de homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Dois dos supostos traficantes morreram em um confronto ocorrido na manhã de quinta. Quase no final da operação, houve novametne troca de tiros entre policiais do Bope e outro grupo de traficantes. Mais três foram baleados e morreram.   O soldado do Bope Sá Filho foi baleado na perna e levado ao Hospital Salgado Filho, no Méier, onde foi atendido e liberado.   Segundo a polícia, nenhum dos suspeitos mortos havia sido identificado até o final da madrugada desta sexta-feira, 11.   Foram apreendidos durante a operação 53 motos, sete pistolas - de calibre 9mm e 380 -, um revólver calibre 38, três granadas, 105 papelotes de cocaína, 600 trouxinhas de maconha e 60 tabletes de maconha, totalizando cerca de 25 quilos da droga.   Vila Cruzeiro   Em outra incursão policial realizada na manhã desta sexta, na Vila Cruzeiro, na Penha, três homens, que trocaram tiros com policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar, foram mortos. O 16º BPM informou que a incursão era uma ação de rotina e que os policiais foram recebidos a tiros por homens armados.

Tudo o que sabemos sobre:
Riotráficopolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.