Philippe Lima/Imagem cedida pela Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro
Philippe Lima/Imagem cedida pela Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro

Operações no Rio contra milícias apreende armamento pesado e material policial

Ao todo, oito pessoas foram presas, sendo que uma delas se identificou como fuzileiro

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

06 Março 2018 | 07h49

SÃO PAULO - Duas operações policiais realizadas em diferentes pontos do Rio de Janeiro nesta segunda-feira, 5, contra milícias apreenderam fuzis, pistolas e granadas, além de prender, ao todo, oito pessoas.

+ No Rio, ex-militares ensinam táticas de guerra do Exército a facções criminosas

Em Sepetiba, zona oeste do Rio, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (DRACO/IE), com apoio de agentes da Polícia Judiciária da Força Nacional de Segurança Pública, atuou contra milícia nos bairros de Santa Cruz e Paciência. Um homem foi preso, dois fuzis apreendidos e dois veículos foram recuperados.

Além do armamento sofisticado - um fuzil G3, um fuzil FAL e uma pistola Glock calibre .40 adaptada com kit rajada -, os agentes apreenderam fardas da Polícia Militar, camisas da Polícia Civil, réplicas do fardamento camuflado utilizado pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e adesivos falsos para viaturas da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core).

+ Tráfico da Vila Kennedy recoloca barricadas, cinco horas após ação de militares

Parte do material e um fuzil foram apreendidos em uma casa. Em outra residência, além do armamento e fardas falsas, os agentes prenderam Leandro de Oliveira Silva, conhecido como Teco. Ele é um dos suspeitos de matar policiais civis da Delegacia de Homicídios da capital em Santa Cruz, em novembro passado.

Segunda operação. Agentes da Corregedoria Interna da Polícia Militar prenderam sete milicianos que atuavam na Baixada Fluminense, sendo que um deles se identificou como fuzileiro.

+ 'Rio é um laboratório para o Brasil', diz interventor

Eles estavam na estrada Gonçalves Dias, em Nova Iguaçu, com dois fuzis calibre 5,56mm, sete pistolas, uma granada, além de dois carros roubados, que foram recuperados. A ocorrência foi registrada no 53° Distrito Policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.