Reprodução/Polícia Federal
Reprodução/Polícia Federal

Para resgatar balão, homens invadem aeroporto do Rio, trocam tiros e fogem em barco

Agentes das polícias Civil e Federal conseguiram prender dois deles; esquema de fuga envolveu até embarcação na Baía de Guanabara

Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2020 | 17h34

RIO - Um grupo de homens armados invadiu na madrugada desta-terça-feira, 21, o aeroporto internacional do Rio de Janeiro para resgatar um balão. Segundo a Polícia Federal, eles chegaram ao local por volta das 23h de segunda-feira, em carros e motos, e deram início à ação. Houve troca de tiros, e dois dos criminosos foram presos. 

Os homens disseram aos agentes que invadiram o aeroporto do Galeão, na zona norte da cidade, para buscar um balão de 18 metros que havia caído ali. Outros grupos de baloeiros estariam disputando o resgate - que valeria R$ 5 mil em dinheiro vivo.

De acordo com a PF, o balão encontrado tinha potencial para causar “acidente aéreo de proporções gigantescas”. A corporação disse ainda que a “ousadia” dos homens foi tão grande que a ação envolveu o uso de uma embarcação marítima para a fuga, depois da troca de tiros com os agentes.  

Os dois presos passam agora por formalidades da Polícia Civil e serão encaminhados à Secretaria de Administração Penitenciária. Eles vão responder por organização criminosa, pelos negócios ilícitos envolvendo balões e por expor aeronaves a perigos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.