Petrobras acha a cauda e caixa preta de helicóptero acidentado

Caixa preta foi entregue à Aeronáutica, que investigará o acidente; buscas pelo piloto desaparecido continuam

Kelly Lima, de O Estado de S. Paulo,

03 de março de 2008 | 15h13

A Petrobras informou que resgatou na manhã desta segunda-feira, 3, a cauda e a caixa preta do helicóptero envolvido no acidente na semana passada na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro.   Veja também: Após acidente, funcionários da Petrobras se recusam a voar Co-piloto diz que pane no rotor causou a queda do helicóptero    A caixa preta foi entregue à Aeronáutica, que fará a investigação do acidente, afirmou a estatal em nota.   Foi iniciado também o plano de resgate da cabine da aeronave. Ainda segundo a companhia, das 15 pessoas que foram resgatadas com vida, duas permanecem internadas - José Carlos Bezerra do Nascimento e Alessandro Moraes Tavares, ambos funcionários da empresa De Nadai Serviços de Alimentação.   Quatro óbitos foram confirmados até o momento. O estado de saúde de José Carlos, 47 anos, é considerado estável, com evolução clínica satisfatória, após ter passado por uma cirurgia.   O estado clínico do passageiro Alessandro Moraes, 28 anos, internado em uma unidade hospitalar na cidade de Campos, também evolui favoravelmente.   As buscas pelo piloto desaparecido, Paulo Roberto Veloso Calmon, 63 anos, da empresa BHS Helicópteros, continuam na Bacia de Campos.

Tudo o que sabemos sobre:
acidentehelicópteroPetrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.