Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Pezão anuncia UPP no Complexo da Maré

Unidade de Polícia Pacificadora terá 2 mil policiais; PM substituirá Força de Pacificação do Exército de maneira 'progressiva' até junho

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

24 de fevereiro de 2015 | 16h35


RIO - O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), anunciou nesta terça-feira, 24, que a Unidade de Polícia Pacificadora do Complexo da Maré terá 2 mil policiais. Segundo ele, a ocupação dos territórios pela Polícia Militar, em substituição à Força de Pacificação do Exército, se dará de maneira "progressiva" até o mês de junho. 

Pezão afirmou que, atualmente, 200 PMs realizam policiamento no complexo. "Em junho haverá 2 mil homens e o Exército sairá totalmente", declarou o governador do Rio. O anúncio ocorreu durante a inauguração da Companhia Integrada de Polícia de Proximidade (CIPP) na bairro do Grajaú, na zona norte do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de JaneiroUPPComplexo da Maré

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.