PF desarticula quadrilha que causou R$ 4 milhões de prejuízo à Caixa no RJ

Operação Precatórios S.A. cumpriu 12 mandados de busca e apreensão em Niterói

Pedro da Rocha, do estadão.com.br

22 de dezembro de 2010 | 16h26

SÃO PAULO - A Polícia Federal, em Niterói, deflagrou nesta quarta-feira, 22, a operação Precatórios S.A., que prendeu três integrantes de uma quadrilha especializada em saques de precatórios, depositados em contas vinculadas da Caixa Econômica Federal (CEF) com o uso de documentos falsos.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, e calcula-se que o grupo causou prejuízo de R$ 4 milhões à CEF. Um dos presos é gerente geral da agência bancária Miguel de Frias, da CEF. Ele é suspeito de facilitar os saques efetuados pela quadrilha.

Foram apreendidos aproximadamente R$ 24 mil, cerca de 50 carteiras de identidade e outros documentos falsos, um veículo Honda Civic e quase 3 mil euros.

Tudo o que sabemos sobre:
PFCaixa Econômica Federalquadrilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.