PF prende 25 por tráfico em bairro de classe média no Rio

Quadrilha agia na zona sul e polícia diz que rastreou desde a entrada da droga no País até os consumidores

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

18 de dezembro de 2007 | 09h15

Pelo menos 25 pessoas foram presas na manhã desta terça-feira, 18, no Rio de Janeiro, durante a Operação Naufrágio, da Polícia federal. O grupo é acusado de vender drogas em bairros de classe média da capital fluminense. Ao contrário do que havia sido informado no início da manhã pela Polícia Federal, a operação é feita apenas no Rio e não nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná. O objetivo da operação é desmembrar uma organização criminosa composta por traficantes de drogas ilícitas com atuação na zona sul do Rio, principalmente nos bairros da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Vargem Grande. A PF conseguiu também identificar vários narcotraficantes e rastrearam todo o caminho feito pelo material entorpecente desde a sua entrada no Brasil, via Foz do Iguaçu e Ponta Porá, até os "consumidores finais". Texto alterado às 11h05 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.