FABIO MOTTA/ESTADÃO
FABIO MOTTA/ESTADÃO

PM de folga é morto na Praia do Recreio, no Rio

Cabo tinha acabado de jogar futevôlei e caminhava até a orla, quando dois homens passaram em uma moto e atiraram

FÁBIO GRELLET, O Estado de S. Paulo

19 Abril 2016 | 19h58

RIO - O cabo William Ferreira da Silva, de 40 anos, que trabalhava no 3º Batalhão da Polícia Militar, no Méier (zona norte do Rio) e estava de folga nesta terça-feira, 19, foi assassinado por dois homens enquanto caminhava pelo calçadão da praia do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, por volta das 11 horas. Os criminosos fugiram e não haviam sido identificados até a noite desta terça.

O PM havia acabado de jogar futevôlei na areia, na altura do quiosque 10, e caminhava até sua motocicleta, estacionada na orla. Foi quando dois homens passaram em uma moto, usando capacetes, e atiraram várias vezes, causando pânico entre todos os que testemunharam a ação criminosa. 

Silva foi atingido por quatro disparos e morreu no local. A dupla fugiu sem ser identificada.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da capital.

 

Mais conteúdo sobre:
Bandeirantes Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.