PM do Rio troca o comando de 16 UPPs

Medida faz parte de processo mais amplo de troca de comando na Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), que gerencia Unidades de Polícia Pacificadora

Idiana Tomazelli , O Estado de S.Paulo

21 Dezembro 2014 | 16h11

RIO - O comando de quase metade das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no Rio de Janeiro vai mudar a partir da semana que vem. Um Boletim Interno da Polícia Militar distribuído neste sábado, 20, trouxe uma lista de 16 novos nomes que passarão a chefiar os batalhões instalados em comunidades. A medida faz parte de um processo mais amplo de troca de comando na Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), que gerencia todas as 38 UPPs em operação no Estado.

Até o fim do ano, o tenente-coronel Luís Cláudio Laviano, que estava à frente do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM, vai assumir o posto de coordenador de Polícia Pacificadora. Com isso, 16 das 38 UPPs também terão novos titulares. Laviano substitui o coronel Frederico Caldas, que ficou um ano e quatro meses no cargo.

“O comando da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) está mudando, portanto, é normal que o novo coordenador faça algumas alterações em sua equipe de trabalho”, informou a assessoria de imprensa do CPP, em nota.

As informações oficiais são de que as passagens de comando ocorrerão ao longo da próxima semana. As Unidades de Polícia Pacificadora, principal projeto de segurança do Estado, têm enfrentado uma crise diante da escalada de ataques aos policiais e às sedes das UPPs nos últimos meses. Desde o início do programa, em 2008, 21 soldados que trabalhavam nas unidades foram mortos - 14 deles apenas este ano. O primeiro caso ocorreu em julho de 2012, quando a policial Fabiana Aparecida de Souza foi morta durante ataque à UPP Nova Brasília, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio.

Trocas. Entre as unidades que terão o comando renovado estão a UPP Nova Brasília, no Complexo do Alemão, onde o capitão Paulo Ramos dará lugar ao major Leonardo Gomes Zuma, e a UPP Santa Marta, que recebeu a primeira unidade do Estado, onde o tenente Gustavo Castanheira Matheus substituirá o capitão Márcio Almeida Rocha.

Também terão alterações de chefia das UPPs de Arará/Mandela, Batan, Caju, Camarista Méier, Cerro-Corá, Chatuba, Cidade de Deus, Fallet/Fogueteiro, Formiga, Macacos, São Carlos, São João, Turano e Vila Kennedy.

Mais conteúdo sobre:
UPP segurançã Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.