PM é baleado em favela com UPP no Rio

Policial foi atingido durante tiroteio na favela Camarista Meier; ele fazia patrulhamento da área conhecida como Barão de Santo Ângelo

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

25 Maio 2015 | 22h24

RIO - Menos de 24 horas depois que a soldado Drielle Lasnor foi ferida a tiros, em Realengo (zona oeste do Rio), outro policial foi baleado, na noite desta segunda-feira, 25, durante um tiroteio na favela Camarista Méier (zona norte), que tem uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde dezembro de 2013.

O policial, que trabalha nessa UPP e não teve seu nome divulgado, fazia patrulhamento de rotina com colegas pela área conhecida como Barão de Santo Ângelo quando se deparou com homens armados. Houve tiroteio e o PM foi atingido. 

Até as 22 horas não havia detalhes do ferimento, mas o PM foi socorrido e levado para o Hospital Naval Marcílio Dias, no Lins de Vasconcelos (zona norte), e não corre risco de morte. Os criminosos fugiram.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro UPP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.