Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

PM e cabo da Marinha são mortos a tiros em bar na Pedra do Sal, no Rio

Eles teriam sido reconhecidos por criminosos da região, que levaram os dois até a lateral da Igreja de São Francisco da Prainha e os mataram com tiros na cabeça

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2018 | 12h31

RIO - O soldado da Polícia Militar Marçal Tales Brito e o cabo da Marinha Anderson da Silva Gomes foram mortos a tiros na noite deste sábado, 6, no centro do Rio de Janeiro

Segundo informações da polícia, o PM e o militar estavam em um bar nas proximidades da Pedra do Sal, região histórica da cidade, quando teriam sido reconhecidos por criminosos da região. Os bandidos levaram os dois até a lateral da Igreja de São Francisco da Prainha e os mataram com tiros na cabeça.

A Polícia Civil informou que foi instaurado um inquérito policial para apurar as mortes e que as equipes da Divisão de Homicídios já realizaram diligências em busca de testemunhas e imagens que possam ajudar nas investigações.

Neste ano, o Laboratório de dados Fogo Cruzado registrou 243 agentes de segurança atingidos por disparos de arma de fogo no Grande Rio. Com as mortes do Soldado da PM e do Cabo da Marinha, no Centro do Rio na última noite, o número de mortos chegou a 74 agentes. Além disso, 169 agentes ficaram feridos.



 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.