PM e Guarda Municipal policiam a Praia do Arpoador, no Rio

O acesso às praias é controlado por policiais militares; 27 batalhões do Estado do Rio estão com protestos

Fernanda Nunes, O Estado de S. Paulo

12 Fevereiro 2017 | 15h08

RIO - Três viaturas da Polícia Militar (PM) e agentes da Guarda Municipal garantem a segurança dos banhistas neste domingo, 12, na praia do Arpoador, na zona sul do Rio. Faz sol e calor no Rio, mas as praias da zona sul não estão lotadas, como é comum aos finais de semana durante o verão.

A duas semanas do carnaval, alguns dos 452 blocos autorizados pela prefeitura do Rio já realizam seus desfiles, atraindo os foliões cariocas. No sábado, a mar agitado nas orlas de Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon atraiu surfistas para o Arpoador, mas dificultava o mergulho dos banhistas. Neste domingo o mar está calmo.

Os principais batalhões da PM que atuam no policiamento das praias da zona sul não têm protestos com mulheres de policiais bloqueando a entrada e saída de viaturas e agentes, como em outros batalhões da cidade. O acesso às praias é controlado por policiais do 2o. Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Botafogo. Em Copacabana, as mulheres abandonaram a frente do 19o BPM na noite de sábado, por falta de gente para se revezar.

Segundo a assessoria de imprensa da PM do Rio, os protestos de espalham por 27 batalhões de todo o Estado do Rio, incluindo interior e região metropolitana. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.