PM é morto com tiro na boca em São João de Meriti, na Baixada Fluminense

O policial foi atingido enquanto atendia a um chamado para recuperar um automóvel roubado

Mariana Sallowicz, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2016 | 11h51

RIO – O sargento Carlos Henrique Martins da Silva, de 46 anos, foi morto na noite de sábado, 27, após ser atingido com um tiro na boca disparado por criminosos em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, informou a Polícia Militar.

O policial do 21º BPM (São João de Meriti) foi atingido no começo da noite quando atendia a uma ocorrência para recuperar um automóvel roubado na rua Celina Paiva, próxima à Via Light (rodovia que liga o Rio a Nova Iguaçu). Silva foi socorrido e levado ao Posto de Assistência Médica (PAM) Meriti, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), um procedimento foi instaurado para apurar o caso. Uma perícia foi realizada no local e diligências estão em andamento para esclarecer as circunstâncias e autoria do crime.

O sepultamento do primeiro sargento será às 15h desta segunda-feira, 29,  no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.