Divulgação
Divulgação

PM é presa no Rio acusada de matar ex-companheiro também policial militar

Crime ocorreu em Bom Jesus do Itabapoana, norte do Estado; os dois teriam mantido um relacionamento no passado

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2022 | 20h20

RIO – Uma policial militar do Rio foi presa suspeita de matar um colega policial militar, no sábado, 11, em Bom Jesus do Itabapoana, norte do Estado do Rio. Segundo informações da assessoria da Polícia Militar, os dois teriam mantido um relacionamento no passado.

Segundo a PM, a policial suspeita de matar o colega prestou depoimento na 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) e foi conduzida para a Unidade Prisional da corporação. “O local do fato foi isolado para perícia do Centro de Criminalística da Polícia Militar (CCrim)” e “as armas que estavam com cada um dos envolvidos no fato foram apreendidas”, informou a PM.

A Polícia Civil informou que o caso chegou a ser registrado na 143ª Delegacia de Polícia, em Itaperuna, também no norte fluminense, mas foi encaminhado ao CCrim, “por se tratar de crime militar”.

“A mulher foi presa em flagrante. Uma perícia foi realizada no local do crime e as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias dos fatos”, informou a Polícia Civil.

Segundo o jornal “O Globo”, a policial presa, cabo da PM, chegou a informar inicialmente à equipe de policiais que atendeu a ocorrência que o crime teria sido cometido por homens encapuzados, mas o depoimento da atual namorada da vítima teria sido determinante para desmentir as primeiras alegações. Confrontada, a suspeita teria confessado o crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.