Google Street View
Google Street View

PM morre após ser baleado na zona norte do Rio; nº de policiais mortos no Estado em 2018 vai a 43

Corporação disse que Luiz Felipe de Castro Moraes foi encontrado baleado ao lado de seu veículo; ele chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu

Jéssica Otoboni, O Estado de S.Paulo

09 Maio 2018 | 08h28

SÃO PAULO - O sargento da Polícia Militar do RJ Luiz Felipe de Castro Moraes, de 43 anos, morreu na noite de terça-feira, 8, no bairro de Brás de Pina, zona norte do Rio, elevando para 43 o número de policiais mortos no Estado em 2018.

+ Tentativa de roubo de carga causa morte do 42º PM neste ano no Rio

+ Bairros da zona sul do Rio têm intenso tiroteio; cidade registra 3 PMs baleados

Segundo informações da corporação, Moraes foi encontrado baleado ao lado de seu veículo. Ele chegou a ser socorrido por policiais militares do 16.º BPM (Olaria) e levado ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu.

+ Seis são mortos durante megaoperação na Cidade de Deus

+ Quatro criminosos são presos e quatro ficam feridos em operação na Cidade de Deus no Rio

No dia 4, uma tentativa de roubo de carga em uma rodovia que passa por São Gonçalo, região metropolitana do Rio, terminou com a morte do cabo Eduardo da Conceição Rosa, de 34 anos. 

Ele trabalhava no 5.º Batalhão (Praça da Harmonia), no Rio, mas estava de folga e, acompanhado por outro policial militar na mesma situação, fazia bico escoltando um caminhão de uma loja de eletrodomésticos.

Relembre: Ministro da Defesa diz que sistema de segurança 'está falido'

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.