UPPRJ
UPPRJ

PMs são feridos com estilhaços em ataque à UPP da Providência

Não há informações do estado de saúde das vítimas; nesta segunda, um agente da UPP do Pavão-Pavãozinho foi morto

Lucas Gayoso, Especial para o Estado

13 de junho de 2017 | 08h56

RIO - Três policias ficaram feridos após um ataque à Unidade de Polícia Pacificadora da Providência (UPP), na região central do Rio de Janeiro, na madrugada desta terça-feira, 13. De acordo com o 5º Batalhão de Polícia Militar (Gamboa), os criminosos usaram granadas no ataque à unidade.

Feridos por estilhaços de balas, os policiais foram levados para o Hospital Central da Polícia Militar, por volta das 3h30. Não há confirmação sobre o estado de saúde dos agentes.

Pavão-Pavãozinho

Nesta segunda-feira, 12, policiais militares da UPP do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, na zona sul, também foram atacados por criminosos na localidade conhecida como "Beco do Mituca"

Durante o confronto, duas pessoas ficaram feridas. Fabiano José Barbosa Júnior, de 19 anos, levou um tiro no pescoço. Ele chegou a ser levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, mas morreu. Claudete dos Santos Costa, de 48, foi atingida no braço e tem o estado de saúde estável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.