Polícia dará R$ 2 mil por pista sobre ataque a delegado

A polícia do Rio está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil para quem fornecer informações sobre os criminosos que tentaram assassinar o delegado-adjunto Alexandre Netto, da Divisão Anti-Seqüestro (DAS), no domingo, em Copacabana, no Rio. As informações sobre os responsáveis pelo crime deverão ser passadas ao Disque-Denúncia pelo telefone (21) 2253-1177, e serão avaliadas pela polícia. Caso levem à prisão dos criminosos, o autor da denúncia receberá a recompensa. O delegado está internado no Hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão. As informações são da rádio CBN.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

03 Setembro 2007 | 11h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.