Reprodução
Reprodução

Polícia investiga vídeo em que mulheres são torturadas por supostos traficantes

Vídeo teria sido gravado no Morro dos Tabajaras em Copacabana, zona sul da cidade, e foi divulgado nas redes sociais

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2016 | 15h30

RIO - A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga um vídeo, divulgado em redes sociais, em que duas mulheres e uma adolescente aparecem sendo torturadas por supostos traficantes, no Morro dos Tabajaras, em Copacabana, zona sul da cidade. As mulheres teriam sido sequestradas e torturadas por traficantes, segundo informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil.

A investigação foi aberta na sexta-feira, 4, na 12ª Delegacia de Polícia, em Copacabana. Segundo a Polícia Civil, os traficantes "teriam raspado os cabelos das mesmas, sob a alegação de que elas eram informantes de policiais".

Ainda conforme a Polícia Civil, o vídeo foi identificado por policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Tabajaras. No dia anterior, policiais da UPP Tabajaras haviam capturado Gabriel Alves de Lima, de 25 anos, no interior da comunidade durante uma operação policial. 

"De acordo com os militares, Gabriel, antes de ser capturado, havia entrado em uma casa e feito duas das três referidas mulheres reféns", diz nota distribuída pela Polícia Civil. Gabriel foi preso em flagrante pelos crimes de associação ao tráfico de drogas e constrangimento ilegal.

Tudo o que sabemos sobre:
CopacabanaPolícia CivilGabriel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.