Polícia Civil e MP fazem operação contra o tráfico no norte do Rio

A 1ª Vara Criminal da Comarca de São Fidélis decretou 25 prisões preventivas e concedeu 70 mandados de busca e apreensão

O Estado de S. Paulo

27 Agosto 2015 | 10h01

RIO - A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio desencadearam na manhã desta quinta-feira, 27, uma operação para desarticular o tráfico de drogas no município de São Fidélis, na região norte do Estado. 

Foram denunciadas à Justiça 71 pessoas, integrantes de quatro grupos distintos, pela prática de crimes que variam entre tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores e lavagem de dinheiro. 

A 1ª Vara Criminal da Comarca de São Fidélis também decretou 25 prisões preventivas e concedeu 70 mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos em residências e estabelecimentos comerciais. 

Constam na denúncia ainda líderes do tráfico que comandam o comércio ilegal de dentro do presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos dos Goytacazes. Entre eles, foi denunciado Douglas Vinicius Amorim (Dogão), que esteve envolvido na tentativa de homicídio do ex-secretário de Segurança do estado Josias Quintal.

Os grupos criminosos recebiam as drogas e procuravam enterrar os produtos, dificultando apreensões policiais. As drogas depois eram então embaladas em pequenas porções e distribuídas entre vários integrantes responsáveis pela venda no varejo, inclusive mulheres e adolescentes, usados para o transporte dos entorpecentes a fim de evitar abordagem policial. 

Parte da droga era obtida nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo e no município de Campos, para ser revendida em São Fidélis. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.