Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Polícia encontra corpo que pode ser de neto de Chico Anysio

Comandante de operações de busca afirma ter '99% de certeza' de que seja Rian Brito de Oliveira Paula, desaparecido desde o dia 23

Constança Rezende, O Estado de S. Paulo

03 de março de 2016 | 11h59

RIO - O tenente Amaro Garcia, da Polícia Civil, que comanda as operações de busca por Rian Brito de Oliveira Paula, de 25 anos, o neto desaparecido do humorista Chico Anysio (1931-2012), afirmou ter 99% de certeza de que o corpo encontrado na manhã desta quinta-feira, 3, é do jovem. Garcia disse ao Estado que o corpo achado estava com uma pulseira, cordão e a bermuda que pertenciam a Rian. Porém, a perícia do Instituto Médico Legal (IML) vai confirmar a hipótese.

O corpo foi achado em uma praia de Quissamã, no norte fluminense, próximo ao local onde foram descobertos pertences do jovem, como documentos pessoais, o cartão bancário, uma camisa e os chinelos, no último domingo, 28.

Rian estava desaparecido desde o último dia 23. Ele cursava Produção Musical em uma faculdade particular do Rio, foi levado pela mãe até uma autoescola em São Conrado, na zona sul do Rio, por volta das 13h30 do dia 23. Às 15h30, ele deveria ligar para ela pedindo que fosse buscá-lo, o que não ocorreu. Os pais telefonaram para o celular do estudante, mas descobriram que o aparelho havia ficado em casa. A família comunicou o sumiço depois de 24 horas sem ter notícias do paradeiro do rapaz.

Rian sacou uma quantia em dinheiro em um shopping no mesmo dia em que sumiu e se dirigiu de táxi até a Rodoviária Novo Rio, onde pegou um ônibus para Quissamã.

Tudo o que sabemos sobre:
Rian Brito de Oliveira Paula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.