AFP
AFP

Polícia fará na sexta reconstituição da morte de mulher no Alemão

Plano é reconstruir também ações que resultaram nos assassinatos do menino Eduardo de Jesus Ferreira e de ex-comandante de UPP

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

15 de abril de 2015 | 15h44

RIO - A Polícia Civil fará nesta sexta-feira, 17, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, a reconstituição do caso de Elizabeth de Moura Francisco, de 40 anos, morta no dia 1º de abril na localidade de Alvorada. De acordo com a delegada Patrícia Aguiar, a reprodução deve começar às 8h.

O plano da Delegacia de Homicídios (DH) é realizar a reconstituição das mortes do menino Eduardo de Jesus Ferreira, de 10 anos - assassinado no dia 2, na localidade do Areal - e do ex-comandante da Unidade de Polícia Pacificadora de Nova Brasília, Uanderson Manoel da Silva - morto em setembro de 2014 - na mesma data, mas o titular da DH da capital fluminense, delegado Rivaldo Barbosa, ainda não tem essa definição. 

Na noite desta quarta-feira, 15, a mãe de Eduardo, Terezinha Maria de Jesus, de 40 anos, deve ser ouvida na DH, após retornar do Piauí, onde enterrou o corpo do filho na cidade de Correntes. Ela, os quatro policiais da UPP do Alemão e oito do Batalhão de Choque que participaram da ação no Areal devem participar da reconstituição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.